Córeia do Norte!

Bandeira

Localização:

Creio que todos os seres humanos considerados “globalizados” com capacidade de raciocinar e ver televisão viram o que a Coréia do Norte – oficialmente República Democrática Popular da Coreia (ou se preferir Chosŏn Minjujuŭi Inmin Konghwaguk) fez, repetindo a ação do ano de 2006. Uma coisa assustadora!

Um ponto que me deixa ainda mais aterrorizado é a tecnologia do país, capaz de criar uma bomba mais potente, ou melhor, 5 vezes mais potente do que a do ano de 2006, assim diz a reportagem abaixo:

A bomba atômica detonada esta semana pela Coreia do Norte era cinco vezes mais forte do que o artefato testado em 2006, informaram nesta quarta-feira sismólogos americanos.

Os pesquisadores do Observatório da Terra de Lamont-Doherty, que basearam suas conclusões em dados obtidos de várias estações sísmicas, incluindo na China, revelaram que “este segundo teste apresentou uma potência significativamente maior” que a registrada em 2006.

A explosão desta semana provocou um tremor equivalente a um terremoto de entre 4,5 e 4,7 graus, segundo a Universidade de Columbia.

A mesma Universidade avaliou a explosão norte-coreana de 2006 sendo inferior a um quiloton, ou mil toneladas de TNT.

As bombas nucleares das grandes potências têm atualmente cerca de 50 megatons, sendo 4 mil vezes mais potentes que o artefato de 13 quilotons lançado pelos Estados Unidos contra Hiroshima, em 1945.

Veja agora um vídeo explicativo com imagens do lançamento do foguete.

E não satisfeita,

A Coreia do Norte elevou ontem o nível de tensão na Península coreana ao declarar inválido o armistício em vigor com a vizinha Coréia do Sul. O armistício, assinado em 1953, encerrou na prática a guerra entre as duas Coréias, mas nunca foi oficialmente transformado em tratado de paz. Além disso, o regime comunista de Pyongyang, liderado pelo ditador Kim Jong-il, prometeu uma “poderosa” resposta militar se o governo de Seul realizar ações de detenção e inspeção contra suas embarcações. Logo após os testes com mísseis realizados pelos norte-coreanos, a Coréia do Sul decidiu aderir à Iniciativa de Segurança contra Proliferação (PSI, na sigla em inglês), o que o regime norte-coreano considerou como uma “declaração de guerra”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: